Agricultores e população, na abertura da feira da economia solidaria e agricultura familiar
Agricultores e população, na abertura da feira da economia solidaria e agricultura familiar

Abertura da Feira da Economia Solidária e Agricultura Familiar

Publicado em 20/05/2019

SECOM/Prefeitura Municipal de Ponte Alta do Tocantins.

Neste sábado, 18 de maio, a Prefeitura Municipal de Ponte Alta do Tocantins em parceria com o Projeto Ecosol Territorial e com apoio do Ruraltins, reabriu a espaço da feira coberta, com a Feira da Economia Solidária e Agricultura Familiar.  O local  estava fechado há mais de 10 anos.

A reabertura animou moradores e agricultores, e contou com a participação de mais de 12 produtores rurais, que  neste primeiro momento expuseram seus produtos, entre eles frango caipira, pomonha, bolos, leite, queijos, mexerica, carne de porco, temperos, farinha de mandioca, castanha do Pará, artesanatos entre outros.

A música com som ao vivo ficou por conta do Projetista do Ecosol e músico, Luciano de Sousa.

A feira abriu suas portas as 6h da manhã, e teve a abertura oficial às 8h da manhã com a presença do prefeito Municipal Kleber do Sacolão, Vice-prefeito Izidorio Pimenta, da represente do Ruraltins, Evilene Maria, Agente Local de Economia Solidária representando o  Projeto Ecosol, Raquel Pinheiro, além de vereadores e secretários municipais.

O prefeito Kleber do Sacolão fez os agradecimentos a todos os envolvidos, além de explicar que já encontrou a feira sem funcionamento, mas vendo a necessidade dos agricultores para vender seus produtos, e a pedido da população não mediu esforços para reabrir o local. “Aqui em nosso Município a população sentia essa necessidade, e os pequenos produtores agora terão a oportunidade de vender seus produtos de forma que se crie esse relacionamento entre cidade e campo, além do desenvolvimento da economia local”, comentou.

O prefeito, além de incentivar agricultores, e para  dar melhor qualidade de produtos a todos levou a vigilância sanitária para feira, pois além de ser produtos naturais estão certificados.

A feira fechou a primeira etapa com 27 agricultores inscritos, sendo que  14 participaram no primeiro dia. Além de produtos naturais a feira vai contar com apresentações musicais, artesanato e funcionará todos os domingos a partir da 6h da manhã.